sábado, 19 de fevereiro de 2011

Eu lembro...



Eu lembro de você as vezes quando estou no sofá, porque ali era o lugar onde muitas vezes ficamos. Lembro que discutiamos a relação em voz bem baixinha para que ninguem pudesse tentar se meter e acabar estragando tudo, pareciamos ate que estavamos contando um segredo ao outro, justamente porque você sempre me pedia pra não deixar que ninguem vinhesse opiniar sobre nossos desentendimentos, você entendia que muitos casos que começaram assim com o nosso, nessa ritmo de paixão acelerada não deram certo com elas, e elas iriam dizer a mesma sobre nós, porem não só você mais eu tambem sentia que eramos- somos - diferentes.
Ontem no aniversario de meu pai, indo a casa dele, seu cheiro me encontrou e matou meu coração, deixou ele em prantos, se você soubesse o quanto eu te desejei, com certeza acharia que ainda te quero demais, mais foi inevitavel não te querer se eu lembrei da ultima vez que tinha pisado naquelas terras, do quanto fui feliz com você do meu lado, mesmo me provocando quando disse que queria vir pra casa... Mas o que mais me perturbou foi que lembre de dos seus abraços, dos seus planos, dos seus beijos naquela sala pequena, da sua mão junto com a minha e do seu olhar enlouquecedor e apaixonado.

Eu nem conseguir desfarçar... tive que por um momento comentar com alguem o quanto sentir sua falta estando naquele lugar, e o quanto sou louca por não querer mais estar ao seu lado por motivos loucos que não sei entender, eu só sei que ainda somos os mesmos, mais não temos um ao outro como antes... E isso faz com que eu continue pensando que você talvez não sirva pra mim, essas saudades que sinto podem ser as culpadas de tudo, porque sao elas que me enlouquecem, me ferem, me fazem chorar... Se não fosse eu coisa apertando meu peito quem sabe eu não conseguisse te esperar, não me sentir sozinha e nem ciumar por você passar dias e dias sem me ligar.

Sair daquela tarde com o coração na mão, pensando que flash back foi esse, que me fez pensar em você de novo com essa tamanha intensidade?!   Todo mundo rindo e eu so pensando em você, deu vontade de sair dali, não ia te achar mesmo, aquilo tava me maltrando ainda mais... Então quando levantei da cadeira ja com a familia toda na mesa, disseram que eu estava magra, magra de amor por você e ai eu não aguenteii comecei a ir pra casa chorando, porque ate então não tinha ouvido seu nome em mim de novo!!!


A saudade realmente aconteceu!!