quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Penso em mim'.


É dificil dizer a si mesmo que não ha respostas pra algumas coisas. Na verdade ate há, porém se torna complexa quando não a aceitamos, o ruim nisso é que a gente como responsaveis unicos por nossas escolhas e caminhosnos ferimos nosso ser com a sombra da duvida. Acredito de forma fervente em Deus, no destino e no Amor, sim porque não acreditaria? Porque desprezaria o conjunto de forças da natureza? os meus instintos? Os milagres? Isso que chamo de Deus, essa junção, esse equilibrio em mim sempre que as forças negativas da natureza me deixam em graus abaixo de zero. Sinto essa coisa que me induz a seguir e acertar o caminho a encontrar as pessoas ou coisas na hora mais conviniente, o chamo de destino. O amor segue-me como calmaria, sossego, encanto, paixão pela vida e pelo belo, sentimento esse que me aprecio e por vezes ou outra não compreender seus enfeites o considero como priori em mim.

Mesmo com tudo isso ha coisas que me abalam seriamente, me fazer passar dias pensando sobre o que devo fazer, o que respnder... Ontem me perguntei seriamente se teria coragem de cometer um aborto, sempre achei injusto não lutar pela vida apesar de todos os problemas e interromper uma vida é justo? Uma vida que vai além da inocência talvez. Quando me faço tais perguntas entro em crise, porque penso em todas as possibilidades tanto nas alegrias como nas tristezas e sem quer me vejo confusa de novo... Passei o dia de ontem todo pensando em nas oportunidades que temos e as vezes não as notamos e tambem nas coisas que parecem ser oportunas mas acabam virando tragédia.


Não sei mais hoje tambem me perguntei pra quem será o meu voto diante desses novos candidatos a presidência, creio que Marina Silva 43 seja a candidata mais eloquente a esse cargo.
Enfim, nem tudo que parece ser é.
JA dizia Sigmund Freud : - O pensamento é o ensaio da ação.