terça-feira, 20 de julho de 2010

22 de abril

"Si...

E a vida segue seu destino normal...

ja passei por isso inumeras vezes e sempre tive as mesmas respostas...

So lembrando que isso vai passar... minhas crises (rs)

Os dias estão pesados pra mim... enquanto ao vazio, (rs) inutil tentar preenche-lo




23 de abril

eu...infinitO.

O que acontece não sei dizer, so sei que em mim esta tudo diferente...
Não consigo entender, juro que não... To jogando fora coisas que não deveria, falando coisas que nunca pensei em dizer, escrevendo aos avessos...com medo de mim mesma.Ontem foi um noite diferente das outras, descobrir do que sinto falta, entendii um pouquinho minha solidão...ontem foi uma noite boaa, que talvez não volte mais... Preencheu alguns pontos do vaziO... Desabafeii comigo mesma e saltei de algria, tambem choreii percebii que tinha perdido tanta coisa, e o quanto foi dificil, logo pra mim e ainda esta sendo. Não tive sono, mais preferir permanecer deitada, no silêncio e no escuro assistir aos fatos de tudo que me tinham dito ontem a noite, como fui tola deixando as coisas acontecerem novamente e do mesmo jeito, como posso me queixar se permitir vivenciar tudo isso, dentro das leis que não são as minhas. Fui arrogante com outrem, quando deveria ser comigo mesma, defendii meus pontos de vista, mas eles estavão errados, não era pra ter siguido as razoes, dessa vez nao... Quando não se tem a quem amar fica dificil entender as razoes de quem ama -isso foi dito de forma doce- perdoe as minhas mudanças, minhas arrogancias, meu jeito de amar frio, meu pouco sentir... minha tranquiliade voltou, so precisa conversar ter alguem que me fizesse sentir o lado bom da viida, esse alguem que nem sabe direito o meu codinome [rs] me deu inumeras razões pra seguir sem medo de ter ou não na vida um amor!!!
Não teorize sobre o amor (deixe isso para nós, pobres escritores que vemos a vida como criança de nariz encostado na vitrine cheia de brinquedos dos nossos sonhos); não teorize sobre o amor, ame. (trecho lido olhando a beleza do rio)

vc é insubstituivel, é de vc que sinto falta!!!

te aMo, nunca, nunca mesmo duvide disso, so queria que algumas coisas mudassem

tivessem outras soluçoes.